Apesar de ser a semana mais movimentada no país em tempos normais, o carnaval não é feriado, mas sim ponto facultativo. Com isso, nunca houve a obrigatoriedade das empresas ou instituições públicas dispensarem os funcionários durante os dias da folia. Entretanto, considerado o sucesso das festas de carnaval, a maioria delas cede e decide liberar os funcionários em pelo menos um dia da folia. Porém, não haverá carnaval em 2022 devido ao novo surto de casos da Covid-19, e com isso muitas pessoas têm dúvidas quanto ao possível feriado.

Separamos aqui a configuração de algumas das cidades e estados mais importantes do Brasil para que você compreenda a situação. Confira!

Carnaval “cancelado” na maioria das capitais

O novo surto de casos de Covid-19, impulsionado pela variante Ômicron, fez com que o carnaval, dado como certo para alguns, se tornasse inviável. Esse foi o caso do Rio de Janeiro (RJ), que transferiu o tradicional desfile das escolas de samba para abril, bem como São Paulo (SP).

Todavia, o prefeito da capital Carioca, Eduardo Paes, já anunciou que manterá o ponto facultativo do carnaval, que será entre fevereiro e março. Decisão semelhante aconteceu em Manaus (AM), que mesmo sem a folia decidiu manter o ponto facultativo e dar a semana de folga.

Já na Bahia, estado que também tem tradição carnavalesca, a semana de carnaval não possuirá feriado ou ponto facultativo. No caso, o governador do estado, Rui Costa, disse que pretendia evitar possíveis aglomerações em viagens.

Contenção da variante Ômicron

Mesmo com a vacinação, ainda há um número significativo de não-vacinados que acaba puxando o grande número de contágios. Ademais, a variante Ômicron tem maior grau de contaminação, embora o número de mortes entre os vacinados esteja controlado.

Porém, considerando que é necessário interromper esse grande ciclo de contaminações, os estados estão optando pelo cancelamento até dos feriados. É o caso de Alagoas e da cidade de Belo Horizonte (MG), que já anunciaram que não haverá feriado ou ponto facultativo.

Assim, seguimos na torcida para que as coisas melhorem e que muito em breve consigamos retomar a vida plenamente. Por fim, não esqueça de compartilhar essa matéria e ajudar a tirar a dúvida de mais pessoas sobre o carnaval de 2022.

Fonte: R7