Wasp Network – Prisioneiros da Guerra Fria é a nova aposta da Netflix para hitar no mundo do cinema: o longa estreou nesta sexta-feira (19/06), ao lado de um pacotão de séries e filmes. Com Wagner Moura e Penélope Cruz no elenco, a produção conta a história de cinco agentes cubanos infiltrados em uma organização direitista sediada em Miami.

O filme é baseado no livro Os Últimos Soldados da Guerra Fria, do brasileiro Fernando Morais. A obra serviu de base para o francês Olivier Assayas construir a história.

Wasp Network – Prisioneiros da Guerra Fria traz elenco recheado, com nomes como Ana de Armas e Gael García Bernal, além de Penélope Cruz e Wagner Moura.

O filme foi exibido na abertura da Mostra Internacional de São Paulo, em 2019, e agradou público e crítica.

Sinopse liberada pela Netflix: Em Wasp Network: Rede de Espiões, durante a década de 1990, o governo de Cuba decidiu instalar um grupo de espiões em plena Flórida, no intuito de combater movimentos instalados no local, que buscavam desestabilizar o país com o objetivo de derrubar Fidel Castro.

Fonte: Metrópoles