O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), usou as redes sociais neste sábado, 6, para desmentir um vídeo gravado por sua vizinha. A mulher registrou música alta na casa da frente no Jardim Europa, bairro nobre na zona sul da capital paulista, onde disse morar o filho mais velho do tucano, João Doria Neto, o Jhonny.

Governador de São Paulo, João Doria
04/02/2021
REUTERS/Amanda Perobelli
Governador de São Paulo, João Doria 04/02/2021 REUTERS/Amanda Perobelli

Foto: Reuters

Nas redes sociais, o tucano chamou o registro de “fake news”. Segundo a assessoria do governo, a casa é alugada e Jhonny não é o morador. “A casa não é do filho do governador João Doria. Havia 3 pessoas cantando karaokê no momento. Ao serem abordadas diminuíram o som para não incomodar a vizinha”, diz a publicação.

O Estadão apurou que, enquanto uma mulher tentava registrar a suposta festa, Doria chegou a ir até a rua, acompanhado pelo segurança, para verificar a movimentação. A assessoria diz que ele “foi até lá pedir educadamente que abaixassem o som”.

“A vizinha e mais duas mulheres, que cantavam karaokê, prontamente atenderam ao pedido do governador”, informou o governo.

Pessoas próximas do tucano dizem que ele anda irritado com hostilidades e notícias falsas de que tem sido alvo em meio à guerra contra a pandemia e medidas restritivas adotadas pelo governo.

“Não procede a informação de que o filho do governador João Doria deu uma festa na sexta-feira”, diz nota recebida pela reportagem. “Fato é que o governador, ao ouvir música alta na casa vizinha, foi até lá pedir educadamente que abaixassem o som. A vizinha e mais duas mulheres, que cantavam karaokê, prontamente atenderam ao pedido do governador. O filho do governador não mora naquela casa que aparece no vídeo”, diz o texto.

 

Fonte: Terra