Uma nova pesquisa sobre intenções de voto para a disputa pela Prefeitura de São Luís – a terceira desta semana – indica a possibilidade de um segundo turno, provavelmente entre Eduardo Braide (Podemos) e Duarte Júnior (Republicanos), mas dentro da margem de erro, pode ser resolvida dia 15 de novembro, dia da votação em primeiro turno. O levantamento foi feito pelo Instituto JPesquisa e divulgada pelo Jornal Pequeno na edição deste domingo (25).

A pesquisa é apresentada em dois cenários: estimulada, em que os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados, e votos válidos, em que são excluídos os votos nulos e brancos. Em ambos, o candidato do Podemos mantém mais de 25 pontos percentuais de vantagem à frente do segundo colocado. Veja os números:

  • Eduardo Braide (Podemos) – 43%
  • Duarte Júnior (Republicanos) – 18%
  • Neto Evangelista (DEM) – 14%
  • Rubens Júnior (PCdoB) – 7%
  • Bira do Pindaré (PSB) – 4%
  • Jeisael Marx (Rede Sustentabilidade ) – 2%
  • Professor Franklin (PSol) – 1%
  • Yglésio Moisés (Pros) – 1%
  • Nenhum – 5%
  • Não sabe/não quis responder – 5%
  • Os candidatos Hertez Dias (PSTU) e Sílvio Antônio (PRTB) não pontuaram.

No cenário em que são considerados apenas os votos válidos, o resultado é este:

  • Eduardo Braide (Podemos) – 48%
  • Duarte Júnior (Republicanos) – 20%
  • Neto Evangelista (DEM) – 16%
  • Rubens Júnior (PCdoB) – 8%
  • Bira do Pindaré (PSB) – 4%
  • Jeisael Marx (Rede Sustentabilidade ) – 2%
  • Professor Franklin (PSol) – 1%
  • Yglésio Moisés (Pros) – 1%

Considerando-se a margem de erro, que é de três pontos para mais ou para menos, Eduardo Braide pode vencer a eleição ainda no primeiro turno, pois estaria com uma pontuação que varia de 45% a 51%, e a soma dos demais concorrentes, que é 52%, poder estar variado entre 49% a 55%.

Apesar de ter apontado para um possível segundo turno, o JPesquisa não faz simulação de confrontos.

A pesquisa teria sido feita entre os dias 20 e 23 de outubro, com mil eleitores. Ela está registrada no TSE sob protocolo 00430/2020.

Com informações do Maranhão Hoje – AQUILES EMIR