A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, segue ampliando o número de vacinados contra a Covid-19 na Capital. De acordo com o balanço parcial divulgado nesta quarta-feira (10/03), até o momento, 150.150 pessoas pertencentes aos grupos prioritários foram contempladas com a primeira dose dos imunobiológicos disponíveis, dentre as quais 70.130 já receberam a segunda dose e concluíram o processo de vacinação contra o novo coronavírus.

Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, a coordenadora das Regionais de Saúde de Fortaleza, Fabiana Sales, apresentou a logística da campanha de vacinação em execução pelo Município.

Drives de vacinação

Ao longo desta quarta-feira, os drives de vacinação instalados na Arena Castelão, no Centro de Eventos, no RioMar Kennedy e no RioMar Papicu seguem em pleno funcionamento. Cumprindo o aprazamento estabelecido, a etapa atual inclui a aplicação de segundas doses em idosos acima de 75 anos.

Cada equipamento está preparado para realizar, mediante agendamento, 800 atendimentos diários.

Trabalhadores da saúde

Simultaneamente, o Centro de Eventos do Ceará segue, também mediante agendamento, acolhendo trabalhadores da saúde atuantes na linha de frente de combate à pandemia. “Neste momento, seguimos aplicando primeiras e segundas doses das vacinas disponíveis”, detalhou.

Salas de acolhimento

Para garantir a descentralização do serviço, as salas de acolhimento para a vacinação contra a Covid-19 instaladas nos Cucas seguem em pleno funcionamento.

Os equipamentos, instalados nos bairros Jangurussu, Mondubim, José Walter e Barra do Ceará estão acolhendo idosos agendados e direcionados a um dos endereços para receber a primeira dose da vacina.

“A partir de amanhã (11/03), cumprindo o prazo adequado, as segundas doses passarão a ser administradas nos Cucas”, antecipou.

Ampliação da capacidade assistencial

Em virtude dos dados epidemiológicos e assistenciais vigentes, marcados pelo expressivo aumento do número de casos e de internações, a Prefeitura segue ampliando a capacidade de resposta do Município. Até o momento, 644 leitos exclusivos para o tratamento da doença já foram estrategicamente distribuídos pelos equipamentos de saúde da Capital.

Primeiros atendimentos

A Secretaria Municipal da Saúde informa que os 116 postos de saúde da Capital estão preparados para acolher, das 7 às 19h, de segunda a sexta-feira, casos leves associados à síndrome gripal.

Pacientes sintomáticos serão avaliados e, conforme a necessidade, submetidos à realização de teste RT-PCR para diagnosticar a presença viral.

Diante de sintomas mais graves, associados à falta de ar intensa ou à febre alta e persistente, pacientes devem se dirigir às Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Fortaleza, abertas de domingo a domingo, 24 horas por dia, que já contam com 170 leitos exclusivos para o tratamento da Covid-19.

Medidas sanitárias

A Prefeitura esclarece que o cumprimento das orientações sanitárias previstas em decreto segue executando importante papel no controle da pandemia, a exemplo do distanciamento social, do uso de máscaras e da higienização adequada de mãos.

“A vacinação e a ampliação da capacidade assistencial são importantes, mas a população precisa, junto à Prefeitura e ao Governo, fazer a sua parte. Quem puder deve permanecer em casa. Este não é um momento de diversão. Só assim iremos vencer o vírus”, alertou.

Dúvidas frequentes

Ao elucidar questionamentos da população, a Secretaria Municipal da Saúde orienta pacientes acometidos pelo novo coronavírus a aguardar 30 dias a partir do início dos sintomas para receber a vacina.

“Mesmo agendadas, pessoas infectadas ou acometidas por casos suspeitos devem aguardar para receber a vacina, seja a primeira ou a segunda dose. Passados 30 dias após o diagnóstico, os Centros de Vacinação devem ser procurados. A vacina será administrada mediante apresentação do agendamento, de documentos pessoais e da justificativa da ausência”, informou

Dúvidas frequentes relacionadas à campanha de vacinação em Fortaleza devem ser elucidadas por meio do telefone 156.

 

Fonte: Prefeitura de Fortaleza