Após a formação de Paredão conturbada na noite deste domingo, 6 de março, o clima entre os brothers não ficou dos melhores dentro da casa mais vigiada do Brasil. Já no dia seguinte, Natália afirmou que se sentiu mal por ter votado em Gustavo para proteger Eli, seu affair no BBB22, o que gerou uma treta daquelas, afetando todos os participantes do reality show.

Em conversa com Linn e Jessi, a sister comentou até que não conseguiu descansar durante a madrugada e a cantora aconselhou que ela falasse com Pedro Scooby. Natália, por sua vez, respondeu: “O meu sentimento… Não é nem pela discussão que eu tive com o Pedro, porque acredito que até o D.G. depois entendeu o que eu falei. Acho que ele pode não ter entendido, mas está tudo certo. Depois posso conversar com ele”.

“Acho que ele até entendeu, só não concordou”, opina Lina.

“Tudo bem, mas sabe qual é meu sentimento? É de ‘putz, realmente errei’. Porque realmente dei a palavra para o Gustavo. Tanto que na hora eu disse: ‘Você não está errado, está certo. Mas espero que você também me entenda e se coloque no meu lugar’. Só isso. Não queria me justificar. É a sensação de ter magoado uma pessoa e uma sensação ruim de ter sido egoísta, porque pensei em mim”.

DESCULPAS PARA GUSTAVO 

Mais tarde, a sister resolveu conversar com Gustavo e pedir desculpas ao brother pelo seu erro. Na área externa da casa, Natália explicou o motivo de seu voto, alegando que não queria ver Jessilane, sua grande amiga e aliada dentro do programa, no Paredão com Eli. “Depois que aconteceu que eu fiquei: ‘Puts, cara’. Eu fui muito egoísta com a Jessi, ferrei minha palavra com o Gustavo… Talvez eu possa ter me deixado levar, ter sido ingênua”, confessou a sister.

“Não foi pela questão do Eli, foi por mim. Até o que eu sinto também. Acredito que eu possa ter sido muito ingênua em pensar dessa forma e não levar a somatória. Tô muito chateada comigo por ter te magoado, não ter honrado a minha palavra, e isso pra mim é muito forte. Eu tô muito mal”, continuou ela, já desabando em lágrimas.

“Eu entendo seu lado, Nat. Eu não fico magoado com você. Eu fiquei magoado, mas ainda tenho carinho e respeito por você. Com a Laís, eu fiquei chateado porque eu colocava ela como prioridade e eu iria me indispor com os meninos por ela, mas ela não fez isso por mim”, respondeu Gustavo.

“O que eu acho que você mais pecou não foi comigo, foi com a Jessi. Como vocês tinham a certeza que Scooby ia nela, vocês duas não compraram a briga da Jessi. Com esse voto, você ganhou a compaixão do quarto de lá [lollipop]. Estrategicamente falando. O quarto te vê como uma aliada”, continuou o curitibano, que fez questão de enfatizar que, se Natália quisesse ajudar a amiga, deveria ter perguntado para Jessi com quem ela gostaria de ir ao Paredão e tentar combinar os votos com outros participantes.

“Eu não pensei assim”, retrucou Natália.

Gustavo então disse que, apesar de acreditar nela, foi o que aconteceu. E, por fim, o brother ainda aproveitou para alertar Natália sobre Eliezer: “Esse lado sonso do Eli é um personagem. Ele pode ter um lado sonso, mas não tem nada de bobo”.

Fonte: Ofuxico