Eita! Após a eliminação de Vinicius nesta terça-feira, 15 de março, Eliezer já acordou determinado a movimentar o jogo para livrar o Quarto Lollipop dos próximos paredões. Conversando com Lucas, o brother afirmou que agora pretende mirar completamente nos adversários do Quarto Grunge: ArthurPaulo AndréScooby Douglas.

“Amanhã vou com sangue nos olhos”, começou Lucas, falando sobre a prova do líder.

“Se a gente não conseguir o líder, vou fazer plantão no big fone. Vou dormir ali”, garantiu Eliezer.

“A única forma de sair um deles é botando três deles ao mesmo tempo, no mesmo paredão”, acrescentou o designer, analisando as possibilidades.

“Exatamente”, declarou Laís, que também estava na conversa.

“Difícil”, opinou Lucas.

“Se a gente pegar a liderança, bota um. Junta voto, bota outro…”, pensou Laís, que teve sua fala interrompida por Eli.

“Aí depende da dinâmica… Contragolpe. Por isso que é difícil. Essa semana a gente quase conseguiu, mas Vini foi no bate e volta e não voltou”, lamentou o brother, finalizando a conversa.

PAREDÃO FALSO

Depois da eliminação de Vinicius com mais de 55% dos votosEliezer não conseguiu segurar a pressão e caiu no choro. No quarto lollipop com EslovêniaLaís e Natália, ele tentou acreditar que o paredão foi falso e o melhor amigo deve voltar ao reality nos próximos dias.

Volume de Pedro Scooby chama atenção no “BBB22”De acordo com o designer, essa é a esperança a que ele consegue se apegar para não sucumbir à pressão, agora que seu melhor saiu da casa. “Ainda acho que pode ser um paredão falso”, apostou.

Em seguida, Eslovênia reforçou que não vai acreditar nesse cenário. Para ela, é melhor se surpreender do que lidar com a frustração de não reencontrar o amigo dentro da casa: “Eu não vou me apegar a isso. Depois eu me frustro e é pior!”.

Depois disso chegou a vez de Laís falar. Mais cética, a sister afirmou que o ritmo do jogo não indica um paredão falso, afinal, a eliminação dos membros do lollipop está mais evidente a cada semana. Ainda assim, ela tentou demonstrar algum bom humor.

“Não é para se apegar a isso, porque ele está seguindo o rumo do trem. O dia que o Tadeu falar que não vai sair alguém desse quarto, eu vou aplaudir”

Fonte: Ofuxico